↓ Transcript
Cavaleiro: Eis-me aqui, monstro. Bem vês que tuas palavras profanas de nada serviram para enegrecer minha alma.

Voz misteriosa: Não me surpreende.

Te foi mostrado conhecimento suficiente para maravilhar teu povo, e muitas gerações sucessivas dele, e elevá-lo a um estado de glória nunca antes sonhado. Teu apego à tua crença eu chamaria mais de medo do que de fé.

Cavaleiro: Chama do que quiseres, monstro, mas chegará um dia em que o mal que propagas será sanado, e todos rejubilar-se-ão com o teu fim.

Voz misteriosa se revela um monstro: Este dia, para ti, porém, ainda está muito distante!

Cavaleiro: AYEAAAAARGH!